aproveite-o-espaco-do-terreno-e-acerte-na-hora-de-projetar-sua-casa

Aproveite o espaço do terreno e acerte na hora de projetar sua casa

Especialmente nas grandes cidades, a disponibilidade de bons lotes para construção está cada vez menor. Com a ocupação acelerada dos melhores espaços, quem deseja construir a própria casa em uma área maior precisa fazer um investimento mais elevado.

A alternativa a esta situação é aproveitar ao máximo o espaço do terreno com dimensões mais enxutas. E há uma série de técnicas que podem auxiliar na elaboração de projetos focados em lotes menores. Confira, neste post, algumas destas opções e saiba como melhor aproveitar terrenos menores!

Verticalização

A maneira mais utilizada atualmente para construir casas maiores em lotes menores é mirar para o alto. A verticalização, por meio da construção de sobrados ou pequenos prédios, é uma opção para melhor aproveitar o espaço do terreno.

Uma forma muito comum de organizar este modelo de residência é reservar para o segundo andar a área íntima. Limitando os dormitórios ao piso superior, garante-se a privacidade para a família. No piso térreo, onde se pode receber os convidados, ficam os cômodos que podemos chamar de sociais, onde se vai interagir com as visitas, como a sala de estar e a cozinha.

Ambientes integrados

Outra forma de construir uma casa com sensação de maior amplitude em um terreno menor é investir na integração dos ambientes. Salas de estar, de jantar e cozinha em um mesmo espaço, com o mínimo de divisórias possível, dão a sensação de que há mais espaço na casa.

Na maioria dos projetos modernos de sobrados, a única área reservada nos andares térreos destina-se ao lavabo. O restante do espaço, revertido em uma grande área integrada, garante não apenas amplitude, mas também na maior interação entre os moradores e visitantes.

Terceiro piso

Esta é uma alternativa para garantir um espaço extra no projeto. Além do térreo e do segundo andar para a área íntima, é possível aproveitar um terceiro piso para criar um novo ambiente para os moradores. Neste espaço pode ser instalada uma área de lazer, como uma sala de jogos ou de televisão. Ou mesmo um espaço social, como uma churrasqueira ou um espaço gourmet. Tudo vai depender da criatividade empregada ao projeto.

Área externa

Um bom projeto verticalizado pode reservar espaço inclusive para um jardim ou pátio mesmo em um lote pequeno. Esta área também pode ser aproveitada para abrigar a área de serviço, liberando alguns metros no interior da casa. Se a área permitir, há outras opções para valorizar ainda mais o lote, como uma horta ou uma pequena piscina.

Essas são algumas alternativas que podem ser incluídas em um projeto de construção residencial para melhor aproveitar o espaço do terreno. Com criatividade, é possível construir uma casa charmosa e funcional mesmo em um lote pequeno.

Gostou das nossas dicas? Então que tal receber mais conteúdos bacanas como esse? Para isso, siga nosso perfil no Facebook e fique por dentro de todas as nossas novidades!

etapas-de-uma-obra-residencial

Etapas de uma obra residencial: saiba por onde começar e evite complicações

Construir sua própria casa é uma excelente alternativa para reduzir custos e ter um imóvel exatamente da forma que você sempre desejou. Assim, é possível definir detalhadamente a distribuição dos cômodos, o tipo de material e o melhor aproveitamento do terreno, entre outros itens.

Porém, para quem não tem experiência em construção, trata-se de uma jornada que exige cuidados. Para supervisionar corretamente os trabalhos é essencial conhecer as etapas de uma obra residencial. Dessa forma, você consegue avaliar se tudo está saindo conforme o planejado e garante que o resultado final será o que se projetou.

Confira neste post quais são as principais fases da construção de uma casa e saiba como fazer a gestão da obra!

Definição e preparação do terreno

Para escolher o terreno ideal é preciso verificar as características do solo para avaliar a necessidade de ajustes como aterros ou compactações. Também é preciso verificar a infraestrutura sanitária, de energia, vias de acesso etc.

Os ajustes no terreno serão feitos após a aprovação do projeto e envolvem a terraplanagem, a construção de um muro de arrimo, entre outros.

Fundação

Uma das etapas mais importantes da obra, a fundação dá a base para a construção. Se ela não for muito bem executada, toda a construção pode ficar em risco. Cabe ao engenheiro definir o tipo de fundação mais adequada ao projeto. A fundação deve ser feita sem pressa, utilizando materiais da melhor qualidade, sem acelerar etapas. O período de cura do concreto, por exemplo, precisa ser rigorosamente respeitado, para que se obtenha a resistência necessária.

Estrutura

Este é o momento em que a obra evolui de forma mais visível. Ao contrário das fundações, esta etapa, chamada de estrutura ou superestrutura, envolve o que fica acima do solo, incluindo vigas, pilares, lajes e paredes. Esta é uma fase de grande trabalho na obra e sua evolução depende do tamanho da equipe e das técnicas empregadas. Em geral, consome entre 40% e 50% do tempo total da construção.

Instalações hidráulicas e elétricas

Geralmente é durante a preparação da estrutura que se inicia a instalação dos sistemas hidráulicos e elétricos da residência. Muitos componentes, como cabos, tubos e fiações ficam embutidos na parede. Durante a etapa de acabamento da obra serão instalados outros equipamentos, como tomadas e louças e metais.

Telhados

Concluída a estrutura, é hora de trabalhar na cobertura da sua casa. O tipo de telhado depende do projeto criado para a residência. Entre os materiais utilizados nesta etapa estão madeiras, telhas, mantas térmicas, entre outros.

Acabamentos

Os acabamentos são importantes para proteger a construção. Os revestimentos vedam as estruturas internas, garantindo mais resistência e também conforto acústico e térmico aos moradores. Neste momento são colocadas as esquadrias e realizadas as pinturas e impermeabilizações necessárias. É hora também de instalar louças e metais sanitários. Fique atento, pois é uma etapa que exige um investimento considerável.

Como você pode ver, uma construção de qualidade envolve uma série de processos que precisam ser monitorados adequadamente para que o resultado final seja satisfatório. Especialmente se você não dispõe de tempo ou conhecimento mais profundo sobre as etapas de uma obra residencial, a melhor medida é buscar a consultoria de uma empresa especializada.

Que tal agora assinar a nossa newsletter e receber sempre as últimas novidades sobre obras residenciais? Assim, você conhece melhor o nosso trabalho e descobre tudo o que podemos fazer para ajudá-lo na construção de sua casa.

Comprar ou construir uma casa? Descubra as principais diferenças!

Comprar ou construir uma casa? Esse costuma ser o maior questionamento de quem está começando a pensar em ter um imóvel próprio.

Claro que as duas opções têm as suas vantagens e desvantagens, e escolher uma delas vai depender, essencialmente, de quais são os seus objetivos. O que podemos antecipar é que a construção dará mais possibilidades de personalização e — acredite! — economia no custo final.

Neste artigo, nossa intenção é ajudá-lo a entender melhor quais são os benefícios proporcionados por cada uma dessas opções. Assim, terá mais segurança na hora de decidir.

Vamos conhecer melhor sobre a compra e a construção de um imóvel? Continue com a gente!

Comprar uma casa pronta: quais são as vantagens?

Para quem está com pressa para se mudar, certamente essa é a melhor opção. Mas é preciso muito cuidado, pois você conhece o ditado: ela é inimiga da perfeição. Escolher um imóvel pronto requer muita pesquisa para encontrar a localização ideal e com o tamanho dos cômodos que atenderá às suas necessidades e expectativas.

Além disso, você terá que se contentar com o estilo arquitetônico predefinido. Outro ponto que merece cuidado é uma avaliação criteriosa da qualidade da edificação, pois os materiais usados na obra estão diretamente ligados aos gastos que você poderá ter, mais tarde, para reformas e substituição de itens que podem se estragar com o tempo.

Por fim, devemos lembrar que o custo de um imóvel pronto é mais elevado, pois ele já passou por uma valorização desde que a obra iniciou até a sua venda, ou no caso de imóveis novos existe a margem de lucro do construtor que elevará ainda mais o valor do imóvel. Além disso, certamente você terá que fazer algumas adaptações no bem para adaptar ao seu uso.

Comprar ou construir uma casa: por que construir pode ser mais vantajoso?

Tirando a questão do tempo, construir uma casa tem como principal benefício a possibilidade de viver em um imóvel completamente novo, sem ser preciso uma reforma para adequar às suas necessidade e gostos pessoais. Isso significa que vai demorar bastante tempo para você precisar desembolsar mais dinheiro com manutenção e reformas. Assim, usando materiais de qualidade, a construção garante maior vida útil e valorização do dinheiro investido.

Outra vantagem grande dessa opção, principalmente para quem está em dúvida entre comprar ou construir uma casa, é que poderá fazer o projeto da maneira como sempre sonhou. É a sua oportunidade de criar, junto com o arquiteto e o engenheiro, os cômodos e áreas de lazer da forma que preferir e nos tamanhos que precisa, de acordo com as suas necessidades.

Mais do que isso, ao construir do zero você terá uma economia significativa em relação à aquisição de uma casa pronta. Dependendo do caso, o valor de um imóvel usado pode ser aplicado na compra do terreno e na construção, incluindo compra de materiais e mão de obra.

Terceirização da obra: é uma boa opção para você?

Sabemos que nem todos têm paciência e tempo para o acompanhamento devido de uma obra e que isso é fundamental para que as vantagens da construção de uma casa sobre a compra sejam percebidas — e uma solução para isso é a terceirização.

Ao contratar uma construtora, toda a elaboração do projeto, o gerenciamento da obra, o planejamento e a gestão dos custos e das compras de materiais necessários ficarão a cargo da empresa contratada.

A experiência dos profissionais envolvidos é uma das maiores vantagens dessa alternativa, contribuindo de maneira decisiva para a otimização dos custos e garantindo um investindo de qualidade e segurança. Como mencionamos, a decisão entre comprar ou construir uma casa tem relação direta com os seus objetivos e com o prazo que tem para fazer a mudança.

Mas para quem deseja investir melhor e, ainda por cima, economizar, além de conseguir viver no lugar onde sempre sonhou, a construção é o melhor caminho, em especial se for feita a contratação de uma empresa especializada no assunto.

O que achou deste artigo? Ajudamos você a tomar uma decisão sobre o seu imóvel? Siga nossas páginas nas redes sociais e fique por dentro de outros conteúdos interessantes como este, além de boas ideias para o seu projeto! Estamos esperando você no Facebook, no Instagram e no LinkedIn!

Real Parque Tietê

Cliente: Company AS – Atual Brookfield Incorporações
Período: Outubro de 2006 a Janeiro de 2007.
Serviços: Acompanhamento técnico dos serviços de pavimentação.

Reserva Real Paulínia

Cliente: Company AS – Atual Brookfield Incorporações
Período: Março de 2007 a Setembro de 2007.
Serviços: Acompanhamento técnico dos serviços de terraplenagem e pavimentação.