tendencias para a construção civil

Quais são as 3 tendências para a construção civil em 2020?

O novo cenário econômico que vivemos atualmente, em que os juros estão mais baixos e a inflação está sob controle, abre espaço para que a construção civil tome fôlego mais uma vez, dando início a uma série empreendimentos imobiliários. Nesse contexto, é importante conhecer as tendências para a construção civil.

Ao tomar esse cuidado, o indivíduo é capaz de planejar a edificação de sua casa levando em consideração os padrões praticados pelo mercado, uma atitude que tende a garantir a valorização do imóvel e proteger os recursos investidos em sua construção. Para ajudar você nessa tarefa, preparamos este conteúdo com informações relevantes.

Leia o artigo e descubra 3 tendências da construção civil em 2020!

1. Sustentabilidade

Quando pensamos nas tendências da construção civil, uma das que devem ser efetivas, tanto em 2020 quanto nos anos que estão por vir, é a sustentabilidade. Isso ocorre porque, conforme as pessoas se tornam mais instruídas, começam entender a importância de proteger o meio ambiente. Uma atitude que tem sido cada vez mais incorporada à execução de obras.

É importante ressaltar que o conceito de sustentabilidade pode ser implementado desde o início da obra, com atitudes simples como comprar madeira de fontes certificadas e adotando a reciclagem para os resíduos produzidos durante a edificação, o que tende até mesmo a reduzir os custos da construtora.

Além disso, existem outros fatores que aumentam a sustentabilidade de um imóvel. Dentre eles, podemos citar os seguintes:

  • instalação de um sistema para captar água da chuva;
  • soluções em utilização de energia solar;
  • criação de áreas verdes no terreno.

2. Materiais pré-fabricados

Com o avanço e o barateamento de soluções que permitem a fabricação de peças pré-moldadas, esse material tem se tornado cada vez mais usado na construção civil. Entre seus principais benefícios, podemos citar a redução de gastos com cimento, tijolos e fundações, o que abre espaço para que esses recursos sejam usados em outras áreas, como na implementação de soluções sustentáveis.

Outro ponto positivo dos materiais pré-fabricados é que eles reduzem o tempo necessário para a construção, de modo que, ao usá-los, o proprietário tem a oportunidade de morar em sua nova casa mais rapidamente.

3. Automação de imóvel

O futuro já começou, e ele trouxe inúmeras inovações para o modo como as pessoas interagem com o mundo a sua volta. A construção civil não é uma exceção a essa regra! Por meio de sensores e tecnologias que adotam o conceito de internet das coisas, por exemplo, uma casa é capaz de perceber a presença de seus proprietários e, por conta própria, realizar ações como acender lâmpadas.

É importante ressaltar que as funcionalidades desta tecnologia vão muito além! A combinação de um sensor com um software é capaz de medir a temperatura dentro do imóvel e ajustar o ar-condicionado para que o ambiente fique de acordo com as preferências dos moradores. Isso seguindo padrões previamente estabelecidos por eles, é claro.

Com o avanço de conceitos como a inteligência artificial e a internet das coisas, as casas tendem a se tornar cada vez mais inteligentes. O que coloca a automação como uma das tendências para construção civil mais fortes em 2020 e nos próximos anos!

Com o novo aquecimento da construção civil no Brasil, e as inovações que vêm influenciado o mercado imobiliário global, é fácil perceber que o padrão médio de uma residência tende a mudar nos próximos anos. Nesse novo cenário, soluções que combinem, de forma eficiente, sustentabilidade e tecnologia serão amplamente utilizadas e farão parte de nosso dia a dia.

Você já estava por dentro de alguma das tendências para a construção civil em 2020? O que acha de implementá-las em seu imóvel? Deixe um comentário e compartilhe conosco sua opinião sobre o tema!

tendencias de decoração

4 maiores tendências de decoração para 2020 que você deve conhecer

Quando pensamos na configuração dos ambientes de um imóvel, sejam eles internos ou externos, é óbvio que o gosto de seus proprietários é o fator mais importante. É necessário considerar, porém, que uma ambientação mais moderna tende a se refletir positivamente na imagem do imóvel, o que pode até mesmo valorizá-lo. Por esse motivo, estar por dentro das tendências de decoração para 2020 é importante.

Neste contexto, é interessante ressaltar que a nova década, que se aproxima, promete muitas mudanças e inovações, e isso inclui, é claro, a edificação e a decoração de imóveis. Você gostaria de conhecer mais sobre esse assunto?

Leia o artigo e descubra 4 das principais tendências de decoração para os próximos anos!

1. Cozinhas monocromáticas

É interessante notar que uma das principais mudanças na decoração de imóveis, nos próximos anos, tende a ocorrer na cozinha. Uma área que normalmente não costuma ser frequentada por visitantes. Embora não receba pessoas de fora, é nessa área que toda a alimentação de uma casa é preparada. Pensando nisso, é naturalmente que ela seja bonita, limpa e elegante.

Atualmente, é muito comum encontrar cozinhas completas brancas, o que dá um certo ar de limpeza ao cômodo e permite que a iluminação se reflita com maior facilidade. A tendência para essa área, porém, é do uso de uma decoração monocromática, que brinca com diferentes tons de uma mesma cor, tornando assim o ambiente mais sofisticado.

2. Estampas geométricas

Dentre as tendências de decoração, o uso de estampas é uma das que tendem a ganhar mais força a partir de 2020. Isso graças ao ar elegante que esse tipo de decoração confere ao ambiente. Além disso, elas podem ser usadas tanto nas paredes quanto em objetos, como travesseiros ou almofadas.

Por fim, é necessário ressaltar que, quando falamos de estampas, os modelos que reproduzem padrões geométricos mais abstratos tendem a ganhar destaque e assim se tornarem mais utilizados.

3. Variação de tonalidades

Assim como ocorre nas cozinhas, uma ambientação mais monocromática, adotando uma única cor, mas fazendo um uso inteligente de seus diferentes tons, deve se espalhar pelas demais áreas de uma residência, conferindo a ela um ar mais sóbrio e elegante.

Para que esse efeito seja alcançado, os moradores da residência precisam ir além de simplesmente pintar as paredes. O piso, os móveis e os demais objetos de decoração devem ter a mesma coloração, divergindo apenas em sua tonalidade.

4. Móveis com mais de uma função

As tendências de decoração precisam ir além de simplesmente embelezar o ambiente, e devem oferecer soluções que resolvam problemas dos moradores do imóvel, o tornando mais alinhado ao seu perfil e, por consequência, mais confortável.

Neste conceito, o uso de móveis com mais de uma função, como o famoso sofá-cama, se mostra muito útil. Afinal, essa tendência de decoração permite que o espaço seja usado de modo mais inteligente.

Por fim, é importante ressaltar que as tendências de decoração funcionam mais como uma indicação, cabe ao morador decorar sua casa do modo que ela se torne mais agradável para ele.

Além disso, por mais que uma pessoa queira criar um ambiente bonito e confortável, muitas vezes lhe falta inspiração sobre como obter sucesso nessa tarefa. Em uma situação como essa, observar referências pode ser uma boa ideia!

Agora que você conhece as principais tendências de decoração para 2020, que tal conhecer algumas dicas de decoração para deixar sua casa ainda mais confortável? Leia este artigo e tenha acesso a esse conteúdo!

tipos de iluminação

Conheça os principais tipos de iluminação para sua casa

A construção de uma casa confortável, que realmente se ajuste às demandas de seus moradores, deve ser feita com base em um projeto preciso, que leve em consideração os diversos fatores necessários para que a casa de fato seja agradável. Dentre esses fatores, podemos considerar os tipos de iluminação um dos mais importantes.

Isso ocorre porque o tipo de luz, e o modo como ela é usada, pode influenciar de modo drástico um ambiente, permitindo que ele se torne mais adequado para suas funções.

Leia o artigo e conheça os principais tipos de iluminação e descubra como implementá-los em sua residência!

Iluminação direta

Quando o projeto de um imóvel é feito, o arquiteto, responsável por ele, precisa levar em consideração que cada cômodo tem uma função específica. Portanto, o projeto precisa fornecer a cada ambiente da casa características que o tornem mais adequado para a realização das atividades que ele deve abrigar.

Muitas atividades, como a leitura, a costura e a escrita, exigem uma certa quantidade de luz, para que as pessoas possam enxergar sem sentir nenhum desconforto. Para ambientes como este, a iluminação direta é a mais indicada. Essa modalidade de iluminação visa concentrar a luz sobre um ponto específico, o que eleva consideravelmente sua claridade, o que permite que as pessoas enxerguem com maior facilidade.

Dentre os dispositivos de iluminação, recomendados para o uso da iluminação direta, podemos citar abajures e luminárias.

Iluminação indireta

Em uma residência, é natural que alguns cômodos tenham um aspecto mais aconchegante, o que faz deles um lugar mais confortável para se relaxar. Nesse caso, uma luz muito forte pode ter o efeito oposto, tornando o clima menos agradável. Por esse motivo, entre os tipos de iluminação, a indireta é a que se encaixa melhor para este tipo de ambiente.

Diferente da direta, a iluminação indireta não se foca em um ponto específico, mas procura fazer uso de superfícies brancas para se refletir e assim dissipar sua claridade no ambiente.

Essa iluminação pode ser criada por meio de lustres e lâmpadas. É necessário, porém, que a área onde será implementada conte com superfícies, como paredes brancas e teto de gesso, para refletir e distribuir a luz.

Iluminação difusa

De certo modo, podemos dizer que a iluminação difusa compartilha de algumas características da iluminação direta e da indireta. Isso porque esse modelo procura distribuir a luz no ambiente de um modo equilibrado, elevando sua claridade como um todo.

Para criar esse efeito, as lâmpadas costumam ser uma opção. É necessário, porém, que elas sejam distribuídas pelo cômodo de uma maneira que todas as áreas recebam níveis parecidos de iluminação.

A iluminação difusa costuma ser utilizada em ambientes em que as pessoas precisam interagir, como salas de estar ou de jantar.

Por fim, é válido ressaltar que escolher entre os três tipos de iluminação a mais indicada para cada cômodo de uma casa não é uma tarefa fácil. Afinal, uma série de fatores precisam ser considerados.

Por esse motivo, é interessante confiar essa tarefa a um arquiteto ou a um designer de interiores.

Agora que você conhece os principais tipos de iluminação, e sabe quais dispositivos eles utilizam para emanar claridade, que tal receber mais informações úteis? Assine nossa newsletter e não perca nenhum conteúdo relevante!

acompanhamento de obras

Qual a importância do engenheiro no acompanhamento de obras?

Quando pensamos na construção da tão sonhada casa própria, muitos fatores são relevantes. Dentre eles, porém, o acompanhamento de obras tem destaque. Afinal, caso essa etapa seja realizada de modo errado, ou ineficaz, o proprietário do futuro imóvel pode sofrer com graves prejuízos e até mesmo com riscos relacionados à estrutura do imóvel.

Neste contexto, contar com o apoio de um engenheiro é fundamental. Isso porque o profissional é altamente capacitado para lidar com todas as etapas da construção, isso seguindo normas e diretrizes de desempenho e segurança.

Você se preocupa com a segurança de seu futuro imóvel e quer que ele seja construído de forma adequada, sem sofrer com prejuízos de materiais ou de tempo? Leia o artigo e entenda como contratar um engenheiro para acompanhar a obra pode te ajudar nessa tarefa!

Segurança

Por mais que para um imóvel fatores como custo e localização sejam importantes, eles perdem em relevância quando são comparados à segurança. Isso acontece porque mesmo uma casa bonita, construída em uma área altamente valorizada, pode apresentar graves riscos para seus moradores se a obra não for realizada de forma correta.

É importante ressaltar que a segurança de um imóvel não está relacionada apenas com a quantia de recursos aplicada em sua construção, de modo que mesmo edificações de alto padrão podem apresentar graves problemas estruturais, quando a sua construção não é monitorada por um profissional habilitado.

Por esse motivo, a presença de um engenheiro para realizar o acompanhamento de obras é tão importante, porque o profissional é capacitado na elaboração e execução de projetos, o que lhe permite considerar fatores como:

  • o tipo do terreno em que o imóvel será construído;
  • o número de andares e de cômodos que o imóvel deve ter;
  • os fatores externos que podem incidir sobre o futuro imóvel.

Ao analisar esses pontos sensíveis, e muitos outros, o engenheiro é capaz de elaborar um projeto que atenda todos os padrões necessários para garantir a segurança dos moradores do imóvel. Além disso, ao acompanhar o andamento da obra, o profissional pode fazer com que a construção de fato seja feita de acordo com o projeto, elaborado por ele.

Redução de custos

Outro fator muito considerado, por pessoas que desejam construir um imóvel, é o custo total da obra. Afinal, antes dar início à construção, o indivíduo precisa ter certeza que pode arcar com ela sem comprometer seu orçamento, contraindo dívidas.

A grande questão é que a execução de uma obra está sujeita a uma série de fatores que podem influenciar seus custos, tanto para baixo quanto para cima, o que torna a tarefa de mensurá-los complexa, principalmente para uma pessoa que não conta com a devida formação e experiência na área.

Neste contexto, o modo como os pedreiros utilizam o material é muito importante, pois esse fator define o modo como os materiais serão aproveitados. Sem os conhecimentos necessários, o proprietário não é capaz de avaliar se os pedreiros estão usando os materiais da forma certa, o que abre espaço para que ele sofra uma série de prejuízos sem nem ao menos saber.

O engenheiro, porém, tem amplos conhecimentos para avaliar a necessidade dos materiais de construção e para observar a obra, impedindo assim que gastos desnecessários ocorram. Um benefício que pode reduzir drasticamente o custo de uma construção.

Gestão do tempo da obra

Quando pensamos na construção do imóvel, e nos interesses de seus futuros moradores, é fácil perceber como o tempo é importante. Afinal, todos querem morar no novo imóvel o mais rápido possível. A grande questão é que, para que cada etapa necessária para a execução da obra seja realizada, é preciso uma determinada quantidade de tempo. Apressar alguns processos pode reduzir sua eficiência e pôr em risco os futuros moradores.

É importante levar em consideração, porém, que dependendo da forma como são remuneradas, algumas pessoas podem tornar esses processos de construção ainda mais lentos, com a finalidade de prolongar a obra.

Caso a edificação conte com um engenheiro para companhar obras, esse problema é eliminado. Isso ocorre porque o profissional conhece o tempo requerido por cada etapa da obra, o que lhe permite identificar atrasos intencionais.

Serviço especializado

Uma casa é mais do que um espaço coberto, para que ela realmente seja considerada um lar, precisa fornecer o conforto necessário para seus moradores e se ajustar às demandas de cada um deles. O problema é que, sem a devida experiência, a pessoa interessada em construir o imóvel pode ter dificuldade de identificar as necessidades que ele deve atender, tornando assim o resultado final, depois da obra, insatisfatório.

O engenheiro, porém, tem conhecimentos suficientes para avaliar fatores como a luz natural, corrente de ar e até mesmo a acústica do ambiente, o que lhe permite projetar espaços confortáveis.

Além disso, ao conversar com os futuros moradores do imóvel, o profissional é capaz de entender suas necessidades e projetar soluções para elas, tornando assim a futura residência personalizada.

Regulamentação

Por fim, é válido ressaltar que, segundo a regulamentação brasileira, obras e reformas precisam ser devidamente acompanhadas por um profissional habilitado, como um engenheiro ou arquiteto. Caso a pessoa interessada em construir o imóvel descumpra essa lei, ela pode ter a obra embargada e ainda receber multas, emitidas pela prefeitura.

Portanto, a presença de um profissional habilitado é indispensável para a execução de uma obra!

Ao contratar um engenheiro para realizar o acompanhamento de obras, os futuros moradores do imóvel contam com uma série de vantagens, principalmente relacionadas à segurança, que pode ser considerado o fator mais importante. A grande questão é que, além do engenheiro, outros profissionais qualificados se fazem necessários para que a edificação seja realizada.

Levando esse fato em consideração, recorrer a uma construtora tende a ser melhor opção. Isso porque, ao terceirizar a obra, o proprietário tem acesso aos serviços de uma empresa especializada, que tem em seu quadro engenheiros, arquitetos e pedreiros qualificados.

Além disso, construtoras costumam ter uma relação comercial com fornecedores, graças ao grande volume de compras, o que lhes permite receber descontos que se refletem no custo final da construção.

Você gostaria de contar com acompanhamento de obras altamente especializado, para monitorar a construção de seu imóvel? Entre em contato conosco e descubra as soluções da Misorelli Engenharia!

morar em itu

3 vantagens de morar em itu!

Embora a vida em grandes centros urbanos, como a Cidade de São Paulo, tenha sua conveniência, é inegável que o ritmo acelerado e a poluição tendem a incomodar algumas pessoas. Principalmente aquelas que precisam cuidar de crianças pequenas, ou que simplesmente preferem um ritmo mais calmo. Nesse contexto, morar em Itu tende a ser uma opção interessante.

Isso acontece porque, além de ser próxima de grandes centros, como a própria cidade de São Paulo, Itu oferece uma série de benefícios para pessoas que buscam um dia a dia mais calmo, mas sem perder a comodidade de um centro urbano.

Você gostaria de saber como isso é possível? Leia o artigo e descubra 3 das vantagens de morar em Itu!

1. Localização estratégica

Por mais que uma cidade menos movimentada seja atrativa para muitas pessoas, alguns serviços, que só podem ser encontrados em grandes centros, muitas vezes se fazem necessários. De modo que, ao morar em um lugar muito distante, o indivíduo pode acabar perdendo algumas oportunidades.

Quem vive em Itu, porém, não sofre com esse problema. Afinal, a cidade fica localizada a cerca de 69 km da capital, São Paulo e a 47 de Campinas. Além disso, esse percurso pode ser feito em curtos períodos por meio de rodovias como Bandeirantes, Castelo Branco e Rodovia do açúcar.

2. Cidade turística

É fato que a cidade de Itu é conhecida em todo o Brasil, o que obviamente atrai um grande número de turistas todos os anos. Esse fluxo de pessoas movimenta o mercado local, gerando diversas oportunidades de negócios e empregos. Além disso, ele abre espaço para que os moradores locais possam interagir com pessoas de todo o país, criando diversas oportunidades para trocas culturais.

Além disso, é válido ressaltar que a cidade só atrai tantos turistas porque apresenta algumas características únicas. Como um exemplo, podemos citar a fama de que, em seu território, tudo é grande, como os semáforos e orelhões! A cidade ainda conta com belas paisagens e cenários naturais e costuma oferecer diversos eventos culturais ao longo do ano.

Portanto, ao decidir morar em Itu, uma pessoa terá a experiência de viver em uma cidade bonita, repleta de oportunidades para novas experiências.

3. Educação

Geralmente, famílias com crianças pequenas desejam se mudar para cidades menores, em busca de suas comodidades. Um fator que costuma pesar, porém, e impedir essa mudança de vida é a questão da educação. O que é compreensível, uma vez que muitas cidades de interior não contam com uma boa estrutura nesse quesito.

Itu, por sua vez, oferece diversas soluções de qualidade para a educação. A cidade conta com várias escolas públicas e particulares. Uma vez que até mesmo escolas que fornecem uma educação bilíngue para seus estudantes e cursos profissionalizantes estão situadas em seu território, é fácil perceber que seus moradores têm acesso a um ensino de qualidade!

Por fim, ao morar em Itu, o indivíduo e sua família estão expostos a um ambiente que apresenta menores índices de violência e poluição, o que se reflete positivamente em sua qualidade de vida. Além disso, o trânsito complexo dos grandes centros urbanos deixa de ser um problema!

Você já pensou em morar em Itu? Conhecia essas vantagens de viver na cidade? Deixe um comentário e compartilhe conosco sua opinião!