como-aumentar-a-sua-casa-sem-atropelos

Como aumentar a sua casa sem atropelos? Veja 4 dicas!

Tem um bom terreno e deseja aumentar a sua casa, mas está preocupado com a magnitude dessa obra? Saiba que é possível ampliar o tamanho do imóvel, mas que essa mudança não é fácil e exige uma série de cuidados. O ideal é que a reforma seja feita com objetivos claros, como obter mais conforto, melhor iluminação e ventilação, aumentar a segurança, entre outros.

Ter um planejamento bem-feito e contar com a ajuda dos profissionais certos vai ajudar você a aumentar a sua casa sem atropelos. Quer saber como? Confira as dicas que separamos neste artigo!

1. Elabore um projeto

Entre aquilo que desejamos fazer e o que é possível, até que tudo seja executado, há uma grande distância. E só existe uma maneira de encurtá-la: chamar um bom profissional para ajudar você a fazer o projeto de ampliação da casa. É o planejamento feito com o arquiteto ou com um engenheiro que mostrará se é viável fazer o que você sonha, seja a criação de um closet, seja aumentar a cozinha, criar um cômodo a mais ou melhorar o espaço da sala.

Reúna sua família e o profissional para verificar quais são as reais possibilidades e o que vocês precisam fazer para alcançar os objetivos. Lembre-se de fazer um bom planejamento, considerando as necessidades de todos.

2. Fique atento à legislação

O terreno e a casa são seus, mas há algumas legislações que devem ser seguidas na hora de fazer qualquer mudança estrutural no imóvel. Essa é mais uma situação em que um profissional especializado será fundamental para ajudar você. Afinal, nem sempre estamos a par de todos os detalhes das leis do município sobre obras residenciais, não é mesmo?

Há muitas regras que devem ser seguidas sobre o aproveitamento do terreno, envolvendo gabaritos, recuos, taxas de ocupação, entre outras. Todas elas variam em cada município ou, até mesmo, no bairro onde está localizada a casa onde será feita a ampliação. Até mesmo quando a obra será realizada para aumentar os andares da casa é preciso verificar se a altura é permitida naquele local.

Deixar de analisar todos os detalhes da legislação pode causar sérios prejuízos para você. Afinal, se for pego pela fiscalização, a obra pode ser embargada. Além disso, você terá que pagar multas e lidar com uma série de transtornos.

3. Considere as instalações elétricas e hidráulicas

O profissional contratado para ajudar você no projeto deve considerar de forma estratégica essa ampliação, aproveitando da melhor maneira as instalações prévias, tanto de energia, quanto dos sistemas de água pluvial e esgoto. O ideal, nessa parte da obra, é que você não economize nos materiais utilizados.

Também é importante já pensar em como será a decoração, a disposição de móveis e eletroeletrônicos. Assim, poderá ser planejada de forma adequada a quantidade de pontos de energia e iluminação. Não se esqueça de que tudo isso (hidráulica e elétrica) passa por dentro das paredes, o que torna qualquer mudança posterior mais difícil.

4. Pense na iluminação natural e na ventilação

Por fim, ao fazer o projeto de ampliação da sua casa, não deixe de considerar dois fatores importantes: a iluminação e a ventilação. Tenha em mente que o novo cômodo não deve obstruir a luz natural do ambiente que será aumentado. Uma boa saída para isso é fazer estruturas que contemplem o uso de vidros e janelas amplas.

Seguindo essas dicas, temos certeza de que aumentar a sua casa fará com que você crie ambientes mais confortáveis e que atendam às suas necessidades. Não deixe de contratar uma construtora de confiança para ajudar nesse projeto, além de acompanhar a obra para verificar se ela está condizente com o que foi planejado.

Gostou das nossas sugestões? Se você está pensando em fazer uma obra, não deixe de ler, também, este artigo sobre autogestão de obras residenciais e aprender quais são os erros a serem evitados durante esse processo.

banner e-bookPowered by Rock Convert

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *