credito imobiliario para construção

Crédito imobiliário para construção: entenda como funciona e como obter

Dentre os sonhos dos brasileiros, conquistar um imóvel próprio, projetado e construído para atender todas as suas necessidades, costuma ser um dos mais recorrentes. Infelizmente, não são poucas as pessoas que consideram esse objetivo um alvo distante, o que não corresponde à verdade. Por meio de ferramentas, como o crédito imobiliário para construção, o imóvel ideal deixa de ser um sonho e se torna uma realidade acessível.

Para ter acesso a essa ferramenta, porém, é necessário entender como ela funciona e aprender a respeito dos requisitos que tornam uma pessoa elegível, para fazer uso dela.

Você gostaria de ter acesso ao crédito imobiliário para construção? Leia o artigo, descubra como ele funciona e entenda os procedimentos necessários para obtê-lo!

Afinal, o que é crédito imobiliário?

O crédito imobiliário pode ser descrito como uma quantia, disponibilizada por instituições financeiras, para financiar a construção, reforma ou aquisição de imóveis próprios. Ao receber esse crédito, o indivíduo se compromete a quitá-lo, em um período previamente estabelecido, acrescido de uma determinada taxa de juros.

Via de regra o imóvel, ou o terreno em que ele será construído, é usado pela instituição financeira como uma garantia, para evitar ter prejuízos na operação.

Embora o crédito seja uma ferramenta útil para a edificação de um imóvel, é necessário levar em consideração que as condições, oferecidas pelas diversas instituições financeiras, tendem a variar. Portanto, é interessante que o indivíduo pesquise e realize diferentes simulações, antes de assinar um contrato.

Como obter um empréstimo para construir um imóvel?

O primeiro passo a ser dado, por uma pessoa que deseja receber crédito imobiliário para a construção de um imóvel, é acessar os sites de diferentes instituições financeiras e realizar simulações de financiamento. É válido ressaltar que o saldo do Fundo de Garantia Por Tempo de Serviço (FGTS) pode ser utilizado para abater prestações do empréstimo.

Assim que a pessoa interessada em construir o imóvel identifica a melhor opção de financiamento, ela deve enviar à instituição financeira os documentos, requeridos por ela, para fazer uma análise de crédito.

Nessa etapa do processo, profissionais liberais e autônomos costumam ter dúvidas sobre como comprovar renda, pois não trabalham de carteira assinada. O que não é problema para eles, afinal, a confirmação de renda pode ser feita por meio de extratos bancários, contratos de prestação de serviço e até mesmo por meio da declaração do Imposto de Renda.

Por fim, assim que o empréstimo é aprovado pela instituição financeira, um contrato é assinado e o indivíduo recebe os recursos para construir seu imóvel. A partir deste momento, ele precisa cumprir as condições estabelecidas no contrato, pagando todas as parcelas, taxas e tributos previstos no documento.

Mudanças no crédito imobiliário para construção

Com a finalidade de aquecer o setor de construção civil, que emprega um grande número de pessoas, o Governo Federal adotou algumas medidas para facilitar a liberação de crédito imobiliário.

Dentre essas medidas, podemos citar a nova linha de crédito, disponibilizada pela Caixa Econômica Federal, que indexa a taxa de juros do crédito ao IPCA. Uma medida que, graças aos indicadores econômicos que o Brasil tem apresentado, torna o crédito mais barato para o tomador do empréstimo.

Embora a Caixa seja um banco público, a nova linha de crédito deve ser adotada por instituições privadas também. O Bradesco já sinalizou que no momento está estudando como implementar a nova modalidade de financiamento imobiliário.

As linhas de crédito tradicionais também devem se tornar mais acessíveis e econômicas. Um dos primeiros passos dados nessa direção foi dado pelo Banco do Brasil, que recentemente anunciou que vai calcular sua taxa de juros de acordo com tempo do financiamento, oferecendo taxas menores para contratos de crédito mais curtos.

É importante ressaltar que a nova linha de crédito, atrelada ao IPCA, foi criada com a finalidade de fornecer, a qualquer pessoa interessada em construir um imóvel, mais opções de financiamento. Cabe a ela analisar os benefícios e deméritos, tanto da nova linha de crédito quanto da tradicional, e assim optar pela que melhor atende suas expectativas.

Agora que você entende como funciona o crédito imobiliário para construção, é importante conhecer os documentos necessários para realizar a obra. Leia este artigo e tenha acesso a esse conhecimento!

banner e-bookPowered by Rock Convert

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *